Linha do Tempo – Mais do que uma tendência, uma paixão pela história.

0
752

Que o vintage e o retrô estão em alta na decoração, é obvio, basta percorrer os olhos por algumas revistas e vitrines para constatar isso. Mas a valorização de peças antigas é algo que vai além de tendências, é uma paixão partilhada por pessoas com gosto refinado e nostálgico.

Foi com essa visão, e seguindo o exemplo dos grandes centros, ao estilo “caçadores de relíquias” que surgiu a ideia da loja Linha do Tempo, criada de um sonho e de um gosto pessoal do Sr. Mario e de sua família.

Por um longo período ele esteve garimpando em casarões de São Paulo, visitando diversos curadores, fazendas e propriedades antigas, em busca de objetos com historia. Foi em uma destas buscas que efetuou sua primeira compra, entre sete e oito mesas, em um casarão no bairro Morumbi, em São Paulo, que estava fechado há cerca de nove anos.

De seus garimpos resultaram alguns tesouros como, uma penteadeira Belga de 1900, com espelho em cristal e tampo em ônix, peça trazida para o Brasil por uma família de Franceses.

Em todas as peças expostas na loja, salta aos olhos a delicadeza e precisão dos detalhes artesanais, como bordados, entalhes feitos a mão, trabalhos em marchetaria e tramas em palha, peças delicadas porém resistentes, que sobreviveram ao tempo e trazem consigo a historia de famílias e artes esquecidas.

 

Além de toda a riqueza de detalhes e do valor histórico de cada peça, vale destacar a exclusividade, nunca haverá duas peças exatamente iguais, nem mesmo aquelas feitas pelo mesmo artesão, na mesma época, serão exatamente iguais, cada uma tem sua identidade.

Quanto mais antigo, bem conservado e raro, mais valioso é o objeto. Difícil mesmo, é não se encantar observado uma peça como estas, não imaginar suas histórias, os contextos e cenas que ele nos conta.

Para quem tem paixão por esse tipo de peças, mas não sabe como utiliza-las em uma decoração contemporânea, fica a dica de mesclar épocas e estilos. Não é necessário que o ambiente todo tenha um estilo antigo para receber uma peça como essa, pelo contrário, uma única peça pode ser o elemento de destaque, ou a peça chave do cômodo. Desde pequenos objetos, até peças maiores, cada uma tem seu destaque e charme particulares, destacando ainda a qualidade superior de alguns móveis em madeira maciça, cadeiras com assento com molas e tecidos originais da época.

 

Quanto mais antigo, bem conservado e raro, mais valioso é o objeto. Difícil mesmo, é não se encantar observado uma peça como estas, não imaginar suas histórias, os contextos e cenas que ele nos conta.

Confira estas belas imagens:

 

Deixe uma resposta