“IRONMAN 70.3 – Foz do Iguaçu-PR

0
804

No último sábado, 30, Foz do Iguaçu foi cenário de uma competição que, sem dúvidas, conquistou um maior número de apaixonados e de admiradores. Aconteceu, em um dos palcos mais conhecidos do mundo, Itaipu Binacional, o “IRONMAN 70.3”.

O IRONMAM 70.3 é um Triathlon, ou seja, uma prova composta por três modalidades: natação, ciclismo e corrida.  70.3 refere-se a uma prova de “meio Ironman”, com medidas 1.900 m de natação, 90 km de ciclismo e 21,1 km de corrida, o que corresponde a 70.3 milhas.

A larga da primeira etapa da prova – NATAÇÃO – aconteceu às 9h20min para o pelotão de elite e as 9h30min para os demais participantes. Os atletas partiram de terra firme da praia do Iate Clube Lago de Itaipu (ICLI) e na água de um dos maiores lagos artificiais do planeta, percorreram 1900m dessa primeira etapa nadando em forma triangular, foram inicialmente 800m em diagonal em direção à outra margem do lago, 400m na sequência e finalizando o percurso com 700m em diagonal retornando ao ponto de partida.

Nessa primeira fase da prova, os favoritos, Fábio e Santiago, fecharam em primeiro, saindo da água praticamente juntos e indo ao encontro das bicicletas. Nesse momento já era dado o início real do duelo que iria até o fim.

A segunda etapa da prova – CICLISMO – teve início ainda no Iate Clube, após saírem da água, os atletas tiveram a troca de equipamentos e partiram com suas bicicletas. Foram 22km até o portão de acesso à Itaipu Binacional. Nesse primeiro percurso, além da paisagem, plantações e arborização encantadoras ocorreu o contorno na subestação da Eletrobrás Furnas.

Ainda em suas bicicletas, agora já nas dependências da Itaipu Binacional deu-se o início a um percurso de três voltas, 22,7km cada, totalizando 90.1 km de prova.

A paisagem também demonstrou seus encantos, além disso a estrutura da usina deixou sua marca registrada, trechos até então percorridos apenas como referenciais turísticos agora viraram arena da prova, uma disputa que ainda contava com o duelo de Fábio e Santiago.Por fim a última parte da prova – CORRIDA. “Uma corrida inesquecível” segundo participantes.

Foto: Multimídia Iron Man
Foto: Multimídia Iron Man

Essa etapa foi realizada em uma única volta, 21.1km, os atletas percorreram  todo o espaço da Itaipu Binacional.Iniciou-se no Centro de Recepção, com passagem pelo Mirante, Vertedouro, UNILA, Barragem principal, passaram para o lado paraguaio e finalizaram a prova próximo ao portão principal do Centro de Visitação.

Nessa terceira etapa, os favoritos iniciaram também juntos, uma corrida com suas particularidades e dificuldades. Subidas, decidas e, é claro, com o típico calor da fronteira.

A prova sem dúvidas foi um sucesso. A organização esteve de parabéns e depoimentos reveladores deixaram claro que a estrutura disponibilizada para a prova fez a diferença, “algo bem diferente das outras etapas”. Também se tem promessas de que o IRONMAN 70.3 fará parte do calendário de eventos da cidade.

Uma certeza, foi algo ímpar para Foz do Iguaçu, um evento que mais uma vez revela o potencial e infraestrutura presentes na Terra das Cataratas. E é claro, que a nossa cidade está preparada para realizações de nível nacional e internacional, não deixando desejar em nenhum aspecto.

 

Deixe uma resposta