Hidratar, nutrir ou reconstruir os fios de cabelo?

0
873
O universo dos cabelos é complexo e para deixar as madeixas sempre saudáveis, os três processos são essenciais – e muito diferentes entre si 
 
O cabelo está ressecado, com pontas duplas, seco e com aquele aspecto meio elástico… Mas o que fazer: hidratar, nutrir ou reconstruir? Vinícius Ciesca, cabeleireiro responsável pelo centro técnico da Bio Ativos, distribuidora da marca Bio Extratus para as regiões Oeste, Sudoeste e Centro-Oeste do Paraná, afirma que esses três processos são diferentes e usá-los da maneira incorreta pode sim danificar ainda mais as madeixas! “Cada procedimento tem uma função e é preciso ter conhecimento para saber qual é a sua real necessidade”, observa.

Segundo Vinícius, hidratação é o processo mais comum. Como a própria palavra sugere, o objetivo é “dar mais água” aos fios. Isso faz com que o cabelo reponha a sua umidade natural, devolvendo a maciez e a maleabilidade aos fios. “Existe a hidratação dos salões, que dura entre 7 e 10 dias, e a hidratação que é feita em casa, com produtos voltados a isso. Nesse caso, uma linha que eu indico é a de ação imediata da Bio Extratus, pois ela age diretamente na medula do cabelo, hidratando os fios de maneira mais rápida”, explica. Como sugestão para esse procedimento, Vinícius indica a Manteiga Vegetal da linha Botica. “É um lançamento da Bio Extratus e ela pode agir em vários tipos de cabelo”, afirma.
Manteiga Vegetal - Bio Extratus 
Depois da hidratação, surge a nutrição dos fios. Esse procedimento é indicado para os cabelos que perderam o brilho, a força e mostram muitas pontas duplas e ressecadas. “A nutrição envolve uma cadeia de reações com lipídeos e outros nutrientes que irão devolver a saúde dos fios. Ela pode ser feita de 1 a 2 vezes por semana, já que evita que o cabelo perca a sua umidade”, evidencia.
Para os cabelos já muito danificados com tinturas, escovas progressivas e outros processos químicos, a reconstrução capilar é a mais indicada. “Esse processo serve para repor a massa e a queratina do fio. Ela devolve a massa, a proteína e certos aminoácidos que podem ser perdidos com alguns procedimentos que envolvem a química do cabelo”, observa Vinícius. “Quando o cabelo está com aquele aspecto elástico devido ao excesso de química, a reconstrução é a mais indicada e a Bio Extratus possui a linha Spécialiste, que é feita para esses casos. O objetivo é devolver à mulher aquele cabelo de diva e eu garanto: as mulheres sentem a diferença na hora.”

 

Deixe uma resposta