Acesso ao crédito orientado, para geração de desenvolvimento, é tema de evento em Foz

0
787

Cerca de 200 pessoas participaram do Encontro Estadual dos Agentes de Crédito; programação permitiu conhecimento sobre microcrédito e interação entre agentes de todo o Paraná

Nem sempre o crédito é a solução para os problemas das micro e pequenas empresas. É para que os empreendedores possam entender se é válido fazer ou não um financiamento que existem os agentes de crédito, profissionais capacitados pelo Sebrae/PR e Fomento Paraná que atendem diretamente nas prefeituras municipais, associações empresariais ou até em sociedades garantidoras de crédito, as SGC. Cerca de 200 desses agentes, que atuam em todo o Estado, estiveram reunidos em Foz do Iguaçu, nos últimos dias 16 e 17 de novembro para o Encontro Estadual dos Agentes de Crédito.

agentes_foz17012

De acordo com o diretor-superintendente do Sebrae/PR, Vitor Roberto Tioqueta, o objetivo do Encontro foi integrar os agentes de crédito e reforçar a importância que eles têm para as micro e pequenas empresas, além de capacitá-los. “Eles têm papel fundamental nos municípios, pois são responsáveis por levar o crédito como uma das ferramentas de desenvolvimento local. Nosso intuito, com esse evento, também foi de motivá-los para que trabalhem cada vez mais em prol do desenvolvimento”, enfatiza.

A parceria entre o Sebrae/PR e a Fomento Paraná tem se destacado como grande aliada dos pequenos negócios locais quando se trata de acesso ao crédito. “Em momentos de crise, sai na frente quem está mais preparado para enfrentá-la e o crédito é um dos fatores primordiais para o crescimento dos pequenos negócios. Unidas, as entidades oportunizam que o crédito chegue aos empresários de maneira mais rápida, mais fácil, mais barata”, explica Vitor Tioqueta.

Juraci Barbosa Sobrinho, presidente da Fomento Paraná, reforça que o crédito deve ser acessado pelos empreendedores de forma consciente, exigindo-se qualidade e orientação. “Apostamos no crédito orientado para o desenvolvimento das empresas. O impulso que realmente vai fortalecer os pequenos negócios. Por isso, da importância de os empresários estarem bem orientados pelos agentes de crédito, para que gerem consequências positivas”, assinala.

Como dica ao empreendedor que pretende acessar crédito, o presidente da Fomento Paraná esclarece: “levem suas ‘angústias’ aos agentes de crédito para que eles possam realmente orientá-los. Estamos trabalhando para que esses agentes sejam, inclusive, proativos em relação a isso, para que possam chegar até os empresários com essa visão estratégica antecipadamente. E isso é bom para os municípios, pois, com empresas mais fortes, reduzem as demandas sociais”, destaca.

Oportunidade

O secretário de Indústria e Comércio da Prefeitura Municipal de Umuarama, na região noroeste do Estado, Romulo Jonas Rauen, foi um dos participantes do evento e acredita que o momento foi propício para se discutir o acesso ao crédito com foco no desenvolvimento local. “Dizemos que, em tempos de crise, tire o ‘s’ e ‘crie’! Esse evento desperta o diálogo em criar soluções para crescer. A programação foi excelente, mesclando momentos de aprendizado, de integração e motivação aos agentes”, comenta.

Jocélia Franco, que atua como agente de crédito em Tunas do Paraná, município da Região Metropolitana de Curitiba, diz que o evento foi uma ótima oportunidade para avaliar de que maneira se dará o acesso ao crédito na cidade. “Temos muita demanda de crédito, até porque a cidade é carente. Já temos melhorado, como no número de microempreendedores individuais, que saltou de 12 para 70 registros apenas em 2013. Agora, estamos em fase de planejar de que maneira atuaremos na demanda de crédito a esses empreendedores”, pondera.

Já Volnei Lampert, que atua desde 2001 como agente de crédito em Foz do Iguaçu, aproveitou o evento para adquirir ainda mais experiência. “Em todos esses anos, a busca pelo crédito tem sido contínua, o que difere é a facilidade que se tem hoje no acesso. Na Casa do Empreendedor, por exemplo, 100% dos microempreendedores individuais formalizados buscam informações sobre crédito. Nossa função é direcioná-los para aquilo que, realmente, vai ajudá-los a crescer e possibilitar o desenvolvimento. No encontro, pudemos trocar informações com outros agentes para poder auxiliar ainda melhor”, aponta.

Motivação

Além das palestras sobre o microcrédito, as SGC e a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, como instrumentos de desenvolvimento, os dois dias de evento contaram com palestras de motivação aos agentes de crédito. Uma delas, ministrada pelo palestrante Rodrigo Cardoso, versou sobre o sucesso estar nas mãos de cada um. Cardoso é palestrante há quase 20 anos, é engenheiro, pós-graduado em psicologia, especialista em atitude e comportamento empresarial e autor de diversos livros.

Aos agentes de crédito presentes, ele deixou o recado para que continuem fazendo a diferença na história de vida dos empresários que orientam. “O que vai diferenciar é a pessoa que cada um é. Faço o convite para que você tome a decisão e seja extraordinário em tudo o que você fizer na sua vida. Seja uma pessoa que faz a diferença na vida das outras pessoas. Quem faz isso, elimina a palavra desculpa, elimina a mediocridade, o resultado médio e obtém mais sucesso”, salientou.

A atitude, para o palestrante, é o grande diferencial entre as pessoas. “O que é mais importante: conhecimento ou atitude? Atitude vem em primeiro lugar, porque com atitude você busca o conhecimento. Precisa de atitude para ler um livro. Se não fizer isso, é como se ter um carro e não botar gasolina para ele andar. No mercado corporativo, muitas das demissões, por exemplo, são por falta de atitude e não de conhecimento. Quase nove a cada dez pessoas que perdem oportunidades por falta de atitude”, estimulou Cardoso ao convidar os agentes a sair do excelente e ir para o extraordinário.

Segundo ele, os agentes precisam entender a importância que têm na vida dos empresários que vão em busca de subsídios para os próprios sonhos. “Você tem a opção de ficar registrado no livro da vida dessas pessoas. A missão de vocês é muito bonita. Seja extraordinário para elas”, citou fazendo alusão ao livro “Microcrédito, construindo histórias no Paraná – Uma revolução silenciosa que contribui para o crescimento da economia e dos municípios”, lançado no primeiro dia do evento.

A obra, de autoria da consultora credenciada ao Sebrae/PR, Irene Vioti, em coautoria com o coordenador de Acesso a Serviços Financeiros do Sebrae/PR, Flavio Locatelli Junior, traz 24 depoimentos de empreendedores beneficiados com microcrédito e de 27 agentes de crédito que atuam no Estado. “Cada história tem um lado lindo. São sonhos de empreendedores possibilitados por valores pequenos, mas de um resultado emocional extraordinário. Os agentes são condutores desse processo com sensibilidade e um esforço diferenciado. Que o legado para quem ler seja a inspiração: se eles puderam, eu também posso”, resume Irene Vioti.

Sobre o Sebrae/PR

O Sebrae/PR – Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná é, para quem já é ou quer ser empresário, a melhor opção para obter informação e conhecimento. Criado na década de 1970, o Sebrae é a instituição que mais entende de pequenos negócios, no campo e na cidade, e possui a maior rede de atendimento do País. No Paraná, conta com 6 regionais e 13 escritórios. A instituição chega aos 399 municípios por meio de Pontos de Atendimento, Salas do Empreendedor e parceiros locais, como associações, sindicatos, cooperativas, órgãos públicos e privados. O Sebrae/PR oferece palestras, orientações, capacitações, treinamentos, projetos e programas, soluções com foco em ambiente de negócios; educação empreendedora; empreendedorismo e gestão; empresas de alto potencial e potencialização; liderança; e startups.

Informações para a imprensa:

Savannah Ações em Comunicação – empresa licitada do Sebrae/PR
Assessoria de Imprensa Regional Oeste: Juliana Dotto
(45) 9914-8152| (45) 8801-2920 – jornalismocascavel@savannah.com.br

Coordenação Savannah: Jaqueline Gluck (41) 3035-5669 | (41) 9602-7541
Leandro Donatti –  Jornalista do Sebrae/PR –  (41) 3330-5895 | (41) 9962-1754

Deixe uma resposta