Venezuela e Paraguai prometem reforçar relações

0
400
Horácio Cartes, presidente do Paraguai (Foto: Divulgação)

(Foto e Reportagem: A tarde.com blog Uol)

Os presidentes de Paraguai e Venezuela pretendem retomar com força os vínculos comerciais, econômicos e financeiros, interrompidos em 2012 após a ruptura das relações por conta da destituição do então presidente paraguaio Fernando Lugo.

Os presidentes Horacio Cartes, do Paraguai, e Nicolás Maduro, da Venezuela, se encontraram durante o encerramento da reunião de cúpula do Mercosul, que ocorreu em Caracas.

Maduro reforçou que as relações políticas, diplomáticas e humanas entre Venezuela e Paraguai estão avançando positivamente desde que Cartes assumiu o governo e revelou o desejo de avançar em muitos temas da relação comercial, econômica e financeira. Já o presidente paraguaio afirmou que a decisão do Congresso de seu país, que no fim do ano passado aprovou a entrada da Venezuela no Mercosul como membro pleno, representa a convicção absoluta de aproximar as duas nações.

A Venezuela e o Paraguai retomaram as relações em outubro de 2013, mais de um ano depois de suspensão por causa da destituição de Lugo em um julgamento no Senado. Como punição pelo que foi considerado um golpe constitucional, o Paraguai foi suspenso do Mercosul e da Unasul, mas as sanções foram levantadas em abril de 2013, logo após as eleições que levaram Cartes ao poder.

Os venezuelanos somente ingressaram no Mercosul porque o Paraguai, que recusava a entrada da Venezuela, estava suspenso. O regulamento do bloco estabelece que um novo membro precisa ter a aprovação de todos os países.

Deixe uma resposta