Universidade Estadual de Londrina abre inscrições para Vestibular 2015

0
408

(Foto:Divulgação / Reportagem: G1 Londrina)

A Universidade Estadual de Londrina (UEL), no norte do Paraná, abre a partir das 17h desta segunda-feira (11) as inscrições para o Vestibular 2015. Os interessados devem se inscrever até o dia 11 de setembro pelo site da Coordenadoria de Processos Seletivos (Cops) da universidade. A taxa de inscrição do vestibular é de R$ 118.

As provas serão aplicadas em duas fases. A primeira etapa ocorre no dia 2 de novembro quando será aplicada a prova de conhecimentos gerais com 60 questões objetivas. Nesse dia, os candidatos terão que responder perguntas sobre Artes, Biologia, Filosofia, Física, Geografia, História, Matemática, Química e Sociologia. Já a segunda fase será realizada nos dias 30 de novembro, 1° e 2 de dezembro, quando serão aplicadas as provas de Línguas, Literatura e Redação, conhecimentos específicos e habilidades específicas.

Ao todo são ofertadas 3.090 vagas, em 66 cursos de graduação. Para o processo, a Cops espera atrair em torno de 22 mil inscritos. Conforme o edital, o resultado do Vestibular 2015 da UEL será divulgado no dia 15 de janeiro de 2015, no site da universidade.

Manual do Candidato

O Manual do Candidato ao Vestibular já está disponível no site da UEL. Os candidatos também poderão tirar dúvidas e ter informações atualizadas sobre o concurso no perfil do concurso em uma rede social. A universidade disponibiliza uma revista online com as questões aplicadas no concurso passado com os comentários dos professores da UEL.

Obras literárias

Para esta edição, a Cops modificou a lista de obras literárias cobradas no vestibular. Os títulos cobrados neste processo serão “Papéis Avulsos” de Machado de Assis; “O Planalto e a Estepe” de Pepetela, “Bagagem” de Adélia Prado; “O pagador de promessas” de Dias Gomes; “Doze reis e a moça no labirinto do vento” de Marina Colasanti; “A máquina de madeira” de Miguel Sanches Neto; “Toda Poesia” de Paulo Leminski; “Eurico, o Presbítero” de Alexandre Herculano; “A traição das elegantes” ou “200 crônicas escolhidas – as melhores de Rubem Braga” de Rubem Braga; “O cabeleira de Franklin Távora.

 

Deixe uma resposta