Tocha Olímpica passa por Foz do Iguaçu

0
655

Nesta quinta-feira (30), por volta das 15h30, o fogo olímpico chegou a Foz do Iguaçu. O primeiro a carregar a tocha foi o Tenente-Coronel de Infantaria, Agenor Logo de Lima Junior, que é atual Comandante do 34º Batalhão de Infantaria Mecanizado. Depois de concluir seu percurso, o Tenente passou a tocha para o jornalista Bruno Zanette, que percorreu a Avenida Brasil.

A empresária Cleris Bortoli, o editor do portal de notícias ClickFoz, Garon Piceli, a blogueira Pamella Ferrari e o diretor de comunicação da Itaipu Binacional, Gilmar Piolla também conduziram a tocha. Ao todo, o fogo olímpico percorreu 20 quilômetros nas principais ruas e avenidas da cidade. Para o revezamento, 102 condutores participaram do percurso, que teve início, em frente ao 34º Batalhão de Infantaria Mecanizado (34ºBIMec) terminado por volta das 19h15, no Gramadão da Vila A.

Nesta sexta-feira, dia 1º de julho, Foz do Iguaçu recebeu a chamada Operação Especial, quando o Símbolo Olímpico passa pelos principais atrativos turísticos para registro de imagens que serão vistas em todo o mundo. O percurso começou às 8h30, no Parque Nacional do Iguaçu e seguiu pelo Parque das Aves, Marco das Américas, Templo Budista e Itaipu Binacional. Esse revezamento foi realizado por 15 pessoas.

Trajeto da Tocha em Foz

A Tocha Olímpica fez o percurso saindo da Avenida República Argentina e seguindo pela Avenida Brasil. Logo em seguida, passou pela travessa Rio Branco, em frente ao antigo Hotel Salvati, Avenida Jk, indo em direção ao Grupamento da Marinha e passando ao lado do SENAC. Depois, seguiu em direção a Prefeitura, Avenida Jorge Schimmelpfeng e Praça do Mitre, onde tem uma parada. Na sequência, foi até o Boicy em direção à Avenida das Cataratas, passando pelo cruzamento com a Avenida Iguaçu, depois Avenida Felipe Wandscheer, até a Avenida Pôr do Sol, onde passou pelo Bairro Jardim São Paulo até a Avenida República Argentina e Praça da Bíblia, onde fez outra parada.

O trajeto continuou até a Rua Mato Grosso e Avenida Costa e Silva, seguindo em direção ao Exército, na Avenida República Argentina. Depois, a Tocha seguiu pela Avenida JK, até o supermercado BIG, passando pelo Colégio Monjolo, em direção a Mesquita Árabe, saindo na Avenida José Maria de Brito em direção à Avenida JK novamente. O percurso prosseguiu em direção ao Viaduto do Paraguai, passando pela Avenida Araucária, Instituto Federal do Paraná e Avenida Paraná.  Durante o percurso, a tocha passou em frente à Catedral de Guadalupe, Avenida Américo Sasdelli, chegando até o Gramadão.

Da fronteira, a tocha segue para Céu Azul, Santa Tereza do Oeste, Realeza, Francisco Beltrão e Pato Branco.

A proposta do Comitê Rio 2016 é que a Tocha seja vista pelo maior número possível de brasileiros. Segundo os organizadores, 12 mil pessoas terão a oportunidade de conduzir o símbolo olímpico por 200 metros. O revezamento será realizado ao longo de 20 mil quilômetros por via terrestre e de dez mil milhas aéreas.

Fotos: Reprodução Facebook

Deixe uma resposta