Prefeitura busca apoio Internacional para revitalização do Rio Boicy

0
412

Nesta segunda-feira, prefeito Chico Brasileiro se reuniu com representantes da Agencia Francesa de Desenvolvimento para tratar da execução do projeto

O projeto de revitalização do Rio Boicy avança a passos largos rumo a sua concretização. Nesta segunda-feira (5) o prefeito Chico Brasileiro se reuniu com o diretor adjunto da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), David Willecomme, e a gerente de projetos, Laure Schalchli, com o intuito de buscar uma parceria para a execução do projeto, que prevê a recuperação do rio e a criação de áreas de lazer em toda sua extensão.

Também participaram da reunião o superintendente do Fozhabita, Eduardo Teixeira, o coordenador do curso de arquitetura da Uniamérica, Alexandre Balthazar e a diretora geral da empresa Phytorestore, Lilian Hengleng, responsável pelo projeto executivo. A reurbanização do Rio Boicy conta ainda com o apoio da Itaipu Binacional

A pretensão do prefeito Chico Brasileiro é iniciar uma das quatro fases do projeto ainda este ano e com recursos próprios do município. Além do rio Boicy, a prefeitura quer revitalizar os rios Monjolo e Arroio Ouro Verde, criando espaços de convivência para moradores e turistas. “Foz é hoje o segundo destino turístico mais visitado por estrangeiros no Brasil e temos como estratégica fortalecer o destino com projetos de desenvolvimento sustentável. A ideia é também proporcionar uma maior interação dos moradores com os rios da cidade”, comentou o prefeito.

Após a apresentação do projeto executivo, o diretor adjunto da AFD, David Willecomee expressou interesse na parceria. “Temos experiência nessa área, de criação de parques lineares, e gostamos de apoiar projetos que trabalham com a preservação dos recursos naturais e o bem estar social”, disse.

Em dez anos no Brasil, a Agência Francesa de Desenvolvimento investiu cerca de R$ 1,8 bilhões de euros para o financiamento de 38 projetos sustentáveis no país, 70% dos quais contribuíram para a agenda do clima (mobilidade urbana, cidade sustentável, energia e gestão sustentável dos recursos naturais).

Especializada no tratamento da água, solo e ar, a empresa Phytorestore, contratada pela Itaipu Binacional para elaborar o projeto executivo, também tem grande experiência na recuperação de rios ao redor do mundo. “O nosso planejamento prevê elevar o potencial da cidade para o turista e o morador. Foz esta preparada para receber este projeto porque a gestão municipal esta trabalhando pra isso”, disse a diretora geral da Phytorestore, Lilian Gregori.

Processo

O projeto executivo ganhou o nome “Reinventando Foz do Iguaçu” e prevê a revitalização do Boicy em quatro etapas, incluindo a proteção desde a nascente até a foz do rio, a recuperação da mata ciliar, construção de ciclovias, pistas de caminhada, parques e jardins botânicos em toda a extensão do rio. Ele foi criado a partir do anteprojeto apresentado pela Uniamérica e desenvolvido por acadêmicos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia Civil. Os estudantes realizaram expedições ao rio e uma série de estudos que ajudaram o município a identificar problemas e apontar soluções.O valor estimado do projeto é de R$ 80 milhões.

Fonte: PMFI

Deixe uma resposta