Entenda os benefícios da Gatoterapia

0
767

A Gatoterapia ajuda a baixar o estresse e os níveis de pressão arterial

Quem tem ou já teve um gato em casa sabe muito bem que os bichanos emitem um som agradável que mais parece um motorzinho ligado, mas nem tudo que parece é, não é mesmo?.

O som que os felinos fazem pode ser chamado de ronronar, ronron e ronrono. De acordo com especialistas, o ronronar é causado pela vibração no sistema circulatório do gato, ocorrendo com maior intensidade em uma veia larga na região do peitoral. As vibrações também podem ser emitidas pela traqueia com saída na cavidade sinusoidal (na face, perto do nariz).

O ronronar revela o estado emocional, principalmente quando estão satisfeitos e calmos. Durante uma pesquisa realizada pelo médico veterinário e também autor do livro “The Cat’s Mind”, Bruce Floge identificou que o ronronado dos gatos é uma forma de comunicação, assim como o latido e o rosnado são para os cachorros.

Se o ronronar já é bom para os bichanos, imagina para os seres humanos. Estudos realizados no campo da cardiologia mostram que as pessoas que interagem constantemente com animais tendem a apresentar menores níveis de estresse e pressão arterial, além de desenvolverem menos problemas cardíacos. No caso dos gatos, os benefícios ultrapassam a barreira física, pois a Gatoterapia é também uma ferramenta importantíssima na cura de problemas mentais e emocionais.

Com a companhia dos gatos, uma pessoa depressiva, por exemplo, se espelha no estilo de vida do animal para ajudar a si mesma, pois a independência e autocontrole instintivos dos felinos são reconhecidos por todos e pode ajudar muitos que sofrem de desequilíbrio emocional.

Os gatos são animais fascinantes e antes mesmo da ciência provar que eles fazem muito bem aos seres humanos, os felinos já eram adorados e tidos como deuses pelos egípcios e pelos romanos. Os gatos também foram muito amados pela religião Islâmica e cultura Celta.

Fonte: http://jornalocal.com.br/site/blogs-3/mundo-animal/gatoterapia-a-cura-atraves-dos-gatos/#sthash.6qhe5JWL.dpuf

Deixe uma resposta