Feira do Livro de Foz está entre as maiores do Paraná

0
356

(Foto e Reportagem: Assessoria de Comunicação) 

A Feira Internacional do Livro de Foz do Iguaçu consolidou-se como uma das principais iniciativas culturais da cidade e um dos maiores eventos literários do Paraná. A edição deste ano contará com 180 atividades culturais, estimulando a leitura e a literatura, fomentando a economia do livro e promovendo o acesso às artes.

Com a expansão do encontro literário, a infraestrutura de dois mil metros quadrados instalada na Praça das Nações precisou ocupar-se da área do Colégio Bartolomeu Mitre para receber os dez dias de evento,  de 5 a 14 de setembro. A agenda inclui lançamentos de livros, apresentações artísticas, shows, debates, oficinas de formação, encontros com autores e escritores renomados do Brasil e da América Latina.

Além da diversidade e da abrangência da programação, a 10ª Feira Internacional do Livro promete superar todos os indicadores de vendagem de obras e materiais literários. A Secretaria de Educação de Foz do Iguaçu irá distribuir 20.000 vale-livros entre estudantes da rede municipal de educação.

O encontro congrega diferentes pensamentos e saberes de cada participante, facilitando ainda debates sobre distintos temas envolvendo o universo literário e dos saberes, promovendo trabalhadores da arte, cultura, música e educação.

Feira do Livro 1 - Foto Áurea Cunha

Economia do livro – Ano passado, a avaliação dos livreiros foi unânime em relação do volume de publicações comercializadas, apontando para um aumento de até 30% em relação às vendas durante asfeiras anteriores. A meta desta edição é superar todos os indicadores.

Proprietária de uma locadora de livros em Foz, Nharrime Musser, participará pela terceira vez do evento. Para ela, a feira proporciona diversas oportunidades de negócios ao ampliar a rede de contatos. “A Feira do Livro ajuda muito na divulgação empresarial, a fechar novos negócios e, sobretudo, para despertar o interesse das pessoas pela literatura, a partir do contato direto entre expositores e o público”, destacou.

Quanto ao evento, Nharrime acredita que existe um valor intrínseco e conceitual. “A Feira do Livro apresenta o universo literário e toda a diversidade cultural às pessoas, aos moradores de Foz e aos turistas que visitam a cidade. O evento já faz parte do calendário da cidade e está consolidado entre os iguaçuenses como o principal evento cultural de toda a região”, disse.

Lançamento – O escritor iguacuense Breno Weiandts vai aproveitar o espaço da Feira Internacional do Livro para lançar a sua primeira obra, intitulada “Descubra o diamante precioso que você é na paz, saúde e finanças”. O livro de autoajuda traz algo bastante inusitado. O conteúdo, explica o autor, extrai completamente a palavra “não”. “Este é o primeiro livro do mundo que não apresenta esta palavra por tratar puramente de otimismo para as pessoas”, disse o escritor.

Cultura e educação – A diretora-geral da UniFoz, Silvia Helena Aires Araújo Machiiorato, considera o evento literário iguaçuense como um espaço propício para ampliar o debate sobre a cultura e a educação. “Além disso, a Feira do Livro ajuda muito a promover o turismo e a desmistificar qualquer resquício negativo sobre a imagem da cidade quanto ao aspecto da segurança pública”, disse Silvia.

 Organização – A 10ª Feira Internacional do Livro é promovida pela Prefeitura de Foz do Iguaçu, por meio da Fundação Cultural e da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a Itaipu Binacional. O encontro literário tem o apoio da Biblioteca Pública do Paraná, Secretaria Municipal de Turismo, Núcleo de Livrarias, ACIFI, Unila, Unifoz, Uniamérica, Cesufoz, Centro Universitário UDC, Ceaec, Unioeste e Colégio Estadual Bartolomeu Mitre.

Feira do Livro - Foto Marcos Labanca

 

Deixe uma resposta