Farinhas amigas do coração

0
980

Com propriedades importantes para a saúde, algumas delas ajudam a combater até o Alzheimer

A farinha de coco é uma grande amiga do coração. Ela ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL) e a aumentar o colesterol protetor (HDL). Além disso, o seu alto teor de fibra ajuda no controle do açúcar no sangue evitando picos de insulina porque os carbos ingeridos serão liberados lentamente na circulação, e o pâncreas tem tempo de se ajustar e produzir menos insulina. O excesso de insulina tem uma ação inflamatória sobre os vasos sanguíneos de todo o corpo, inclusive os do coração (vasos coronários). Quando se acrescenta a farinha de coco no preparo de pães, bolos e biscoitos, ou nos sucos, estes alimentos  têm seu índice glicêmico reduzido. O coração agradece.

(Dra. Tamara Mazaracki)

Farinha de linhaça-  Composta principalmente pelos ácidos graxos ômega 3 e 6, a farinha de linhaça tem propriedades importantes para a saúde cardiovascular. Semente deve ser triturada e consumida como farinha para aumentar absorção de seus nutrientes. Duas colheres de sopa por dia são indicadas para garantir benefícios.  Estudos científicos atestam que para ser totalmente aproveitada pelo organismo, a semente de linhaça dourada deve ser consumida preferencialmente triturada, como farinha.

Kinako de soja– A soja é um grão de leguminosa da família do feijão e da lentilha, proveniente da China. É um alimento rico em proteínas, lipídios, carboidratos e minerais. Possui isoflavona, um composto da soja que previne doenças degenerativas. A soja e seus derivados, como o queijo e o leite de soja, constituem-se em alimento funcional, pois são ricos em nutrientes e possuem, em sua composição, ácidos graxos insaturados, responsáveis pela ação contra doenças crônicas. A soja possui inúmeros benefícios à saúde. Dentre eles, além de prevenir doenças degenerativas, alivia os sintomas da tensão pré-menstrual, regula os hormônios da menopausa, previne doenças do coração e a osteoporose, reduz a possibilidade de se desenvolver o mal de Alzheimer e o diabetes.

Farinha de uva-  A farinha de uva contém flavonoides capazes de diminuir os níveis de mau colesterol e elevar o bom colesterol, o que auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares. O pó extraído da fruta também tem poderes antioxidantes, que combatem os radicais livres e, por tanto, ajudam a evitar o envelhecimento precoce. A farinha de uva contém substâncias capazes de ativar a circulação. Essa ação evita, por exemplo, a formação de varizes.

Farinha de amora-  A farinha de amora é um alimento que se destaca por contribuir para a perda de peso por ser rico em fibras solúveis. Além disso, ele tem ação antioxidante por ser rico em antocianinas, substâncias que agem combatendo os radicais livres do organismo e assim previnem o envelhecimento e doenças como o Alzheimer, doenças cardiovasculares, entre outras.

 

Deixe uma resposta