É muito interessante ser feliz

0
614

A felicidade é a meta de qualquer ser humano minimamente saudável

A felicidade não é uma dádiva, é uma conquista. E há meios para atingi-la de modo científico, sem as “psicobabozeiras comerciais”.

Em primeiro lugar, é uma psicologia voltada para pessoas mentalmente saudáveis.

Hoje não é mais preciso estar sofrendo para procurar um psicólogo. Assim como não é preciso estar doente, para procurar um médico. As vantagens de um trabalho preventivo são incontáveis.

A pessoa está bem, tem tudo que almejou, a família está bem, os filhos criados, e sente que chegou o momento de pensar em si, ou ela deseja apenas otimizar a vida, por sentir-se parada, estacionada ou entediada, ou mesmo quer replanejar sua vida, após ter atingido seus objetivos profissionais, e tem a necessidade de novos desafios.

A ciência do bem-estar: a Psicologia Positiva, vem sendo a grande novidade que está em Foz do Iguaçu.

É muito interessante ser feliz-revistavidainteressanteOs médicos sabem que é reforçando nossa imunidade que evitamos doenças. O mesmo vale para a nossa saúde mental. Deste princípio, nasceu na década de 90, a Psicologia Positiva, pelo responsável pela maior associação de psicólogos do mundo: a American Psychological Association (http://www.apa.org).

Desde que a Psicologia surgiu como ciência e profissão, ao final do Século XIX na Europa, sendo uma vertente da Medicina e também da Filosofia, as pesquisas eram voltadas apenas para descobrir e desvendar a doença. O enfoque excessivamente psicopatológico chegou a tal ponto que passou a ser “quase normal ser anormal”, ou seja, ser doente. Sorte que isso não é verdade.

Com o avanço da ciência, principalmente após a Segunda Guerra Mundial, a Psicologia se abriu, sendo aos poucos mais acessível ao grande público, por ser mais científica, mais breve, mais econômica e objetiva.

Dentre várias escolas da Psicologia, a Psicologia Positiva vem sendo a que mais se desenvolve em termos mundiais. É a primeira escola psicológica que prioriza as forças mentais, ou seja, a Saúde Mental do Ser Humano.

É muito interessante ser feliz-revistavidainteressante1As pessoas saudáveis também sofrem as vezes, também precisam de apoio, também tem necessidades de crescimento, também precisam de motivação e de vislumbrar um sentido em suas vidas, que não seja o de apenas acordar, comer e dormir. Também precisam aprender como explorar as emoções positivas (felicidade, serenidade, alívio).

A OMS-Organização Mundial da Saúde postula que a ausência de doenças ainda não é Saúde, ou seja, é preciso que o ser humano experiencie emoções positivas para sentir satisfação na vida, a auto-realização, ou seja, atingir o bem-estar.

A própria Medicina vem ressaltando a importância da Educação, do lazer, do divertimento – e a importância dos amigos na vida de uma criança, jovem, adulto e idoso – como forma mais eficaz de Prevenção de doenças por ser mais econômico ao cidadão, e ao País. É provado que conforto material não significa felicidade, tanto é que o índice de felicidade nos países ricos – dentre os quais os Estados Unidos – tem um baixo índice de satisfação e qualidade de vida.

Hoje, dado ao fácil acesso à informação, não é preciso ser Psicólogo para identificar os “defeitos”, as dificuldades, os problemas de alguém. Identificar problemas (sobretudo os problemas dos outros) é até fácil, não precisa ficar cinco anos numa universidade, imerso em livros e laboratórios de anatomia, dentre outros lugares. Mas qual seria a solução? Como tratar? Por onde começar? O que evitar? Qual é a solução mais saudável? Qual é a mais eficaz?

Explicar não basta. É preciso tratar! Este seria o lema da Terapia Cognitivo-comportamental, fazendo um contraponto às linhas psicodinâmicas. E passado o estágio de reabilitação cognitiva, é preciso potencializar as forças pessoais através do aumento da frequência de emoções positivas, como por exemplo, o amor, a reverência, a criatividade, a jovialidade ou bom-humor, dentre outras.

É preciso identificar as qualidades para, através delas, criar estratégias práticas para a prevenção e solução de problemas, através da potencialização do bem-estar.

A conduta de ajuda é descobrir os recursos positivos que a pessoa dispõe, seja no âmbito familiar, material, cognitiva, emocional, profissional, espiritual, e dentro de uma análise contextual, optar pelo mais prático, mais simples, passo-a-passo, paulatinamente. Mudanças drásticas nem sempre funcionam. Veja por exemplo as dietas… Falham por isso: chocam! Muitas pessoas desconhecem suas qualidades, mas os defeitos… As mudanças graduais e mais lentas são as que mais permanecem.

Aqui, nesta coluna, dedicaremos um livro, um tema, alguma pesquisa que nos traga MAIS positividade à nossa rotina. Uma coisa é certa: o ser humano não foi feito para sofrer, mas é feito para florescer, conforme seu propositor Dr.Martin Seligmann. Contudo, a vida também não é um mar de rosas. Como chegar à felicidade, apesar das dificuldades? Eis a questão. Como aumentar o bem-estar diante de uma vida estressante? Como ser feliz sabendo que um psicopata como o Kadafi (ditador da Líbia) deixou marcar indeléveis por pelo menos 4 gerações?

O primeiro passo é desvelar as qualidades mentais humanas, pois graças a estas qualidades, nossa espécie avançou contra doenças, crises e extermínio.

É muito interessante ser feliz-revistavidainteressante2
1o.Congresso de Psicologia Positiva, Rio de Janeiro, 2011 Dr. Martin Seligmann
É muito interessante ser feliz-revistavidainteressante3
Dr.Martin Seligmann com as profissionais brasileiras da Terapia Cognitivo-comportamental: Psic.Nivea Mello (Rio de Janeiro), Luis (Natal), Maria das Graças Razera e Stella Alcadipani (Foz do Iguaçu-PR)

Você sabe qual é a qualidade mais frágil da humanidade?

Os pesquisadores do departamento de Psicologia Positiva das Universidades de Harvard, Michigan e Yale descobriram que é o autocontrole. Isso explicaria a violência social? Sim. Claro. Você sabe qual é a qualidade mais valorizada? O amor.

É muito interessante ser feliz-revistavidainteressante8No meio acadêmico, as qualidades mentais vem sendo pesquisadas há mais de duas décadas, totalizando 24 qualidades humanas. Daqui por diante, citarei uma qualidade por vez.

Sofrer pode ser fruto do desconhecimento e pode ser também uma opção. Mas em hipótese alguma deve ser uma “obrigação”.

E em Foz do Iguaçu, está aberta a pós-graduação em Psicologia Positiva, validado pelo MEC. As inscrições estão abertas no Colégio Bertoni, aberto a diversos profissionais formados em algum curso superior, além de Médicos e Psicólogos. O curso é teórico e sobretudo prático.

O certificado é da Faculdade Cândido Mendes. É a primeira pós-graduação em Psicologia Positiva no Brasil, coordenado pela pioneira: a Profa. Dra. Mônica Portella, autora de diversos livros sobre o tema.

Sugestão de Leitura:

Florescer Martin Seligman 2011-revistavidainteressante

Livro: Florescer (2011) por Martin Seligmann.

Graça Razera

Deixe uma resposta