Como potencializar o pensamento criativo

0
816

(Por: Camila Giacomeli)

Todos nós já precisamos, alguma vez, solucionar um problema que requeria uma solução criativa e ficou “martelando” até conseguir pensar em algo, que não foi necessariamente criativa. Isso acontece por causa do bloqueio criativo, que é uma barreira no desenvolvimento da criatividade que geralmente atingem profissionais de criação, marketing ou design.

A criatividade no mundo corporativo tem sido muito pautada, pois, para inovar é preciso sem sombra de dúvidas, ter criatividade.

A criatividade pode ser utilizada para o desenvolvimento da base estratégica, na estrutura da empresa. Desenvolver o pensamento criativo é também aprimorar o pensamento estratégico, que é altamente valorizado no mundo dos negócios. Deixar criatividade do lado de fora da administração não é a melhor opção. Uma vez que foram justamente manobras criativas e bem pensadas, aquelas do tipo pensar fora da caixa, que destacaram muitas empresas que temos no mercado.

Aqui estão algumas dicas para potencializar o pensamento criativo:

– Acredite que você é criativo: O bloqueio criativo começa com você acreditando que esta é uma habilidade que passa longe de você. Não existe pessoa sem criatividade, o que existe é falta de treino e desatenção às suas ideias.

– Seja “sem vergonha”: As ideias mais legais um dia já foram consideradas loucas. Não tenha vergonha de compartilhar as suas ideias, coloque-as no papel, converse com alguém sobre elas, peça feedback. Mas jamais deixe de compartilhar aquilo em que acredita.

– Converse e troque ideias e experiências com pessoas de fora do seu meio profissional. Procure estar em contato com pessoas de diversas áreas. Pergunte como elas veem a sua ideia sobre o ponto de vista delas, quais as ações que tomam quando precisam resolver problemas complexos e como trabalham a criatividade. Desta forma, você vai encontrar muitas respostas ou ideias de direcionamento que jamais poderia imaginar.

– Leia conteúdos interessantes: Procure abrir sua mente e buscar o que te interessa, mesmo que pareça não ter nenhuma conexão com o que procura no momento. Nem sempre a resposta está num livro da área do seu problema. Proponha-se a conteúdos novos par ter mais Insights.

– Escute música: Algumas pessoas conseguem trabalhar ouvindo música, outras não. É preciso se perceber e saber como a música pode ser utilizada a favor da sua criatividade! Parar alguns minutos para ouvir uma música que te inspire pode ser um oxigênio para boas ideias. Proponha-se!

– Alimente-se pois “saco vazio não para em pé! ”: Tentar encontrar uma solução criativa com a barriga vazia, pode fazer com que suas ideias não parem em pé! Mas é necessário também alimentar suas ideias, saiba o que alimenta sua criatividade e cultive este hábito, descubra o que você gosta de fazer. Há pessoas que gostam de desenhar, outras preferem assistir a um filme ou até mesmo uma animação. É importante saber o que desperta aquela luz das ideias, pois o que funciona para um, nem sempre funciona para o outro.

– Pense fora da caixinha: Pensar fora da caixinha é fazer algo da forma que jamais tinha se imaginado antes e abrir-se a novas possibilidades para enxergar algo novo, além daquilo que se está acostumado. Reveja seus conceitos, mude, proponha-se ao novo e evolua!

– Saia da rotina: Faça uma rota diferente no seu caminho para o trabalho. Converse com alguém que não costuma conversar, de vez em quando faça coisas que fogem ao seu dia a dia. Isto ajuda a ativar áreas do cérebro que não estão desenvolvidas.

– Não tenha medo de errar: Todos erramos, na verdade quando erramos aprendemos muito. Observe os erros dos outros e aprenda também, mas entenda que observar os erros de outras pessoas, não elimina nossas chances de falhas, mas as diminuímos bastante. Devemos encarar nossos erros não como fracassos, mas sim como descobertas de como não fazer algo!

Lembre-se, as boas ideias não surgem quando precisamos, mas sim quando elas estão prontas. Por isso, mantenha hábitos que favorecem o estimulo da sua criatividade e desfrute das muitas ótimas ideias que terá.

 

 

Deixe uma resposta