Brainstorming – um exercício de criatividade

0
1542

O brainstorming – também conhecido como “tempestade cerebral” ou “tempestade de ideias” – é um método que proporciona um grande número de ideias, alternativas e soluções rápidas. 

Brainstorming-revistavidainteressanteÉ também um excelente exercício de debate criativo e inovador. Ele possibilita um grande uso da criatividade, que é uma ótima forma para encontrar soluções e tomar decisões. Assim, através da criatividade e da inovação é possível criar condições de sobrevivência às mudanças que nos atingem tanto no universo profissional quanto no pessoal.

Brainstorming-revistavidainteressante1As empresas nos dias atuais, têm por hábito estimular a prática do brainstorming com seus colaboradores para idealizar cenários de futuro, ou seja, projetar os negócios alguns anos ou décadas na frente, para encontrar soluções para produtos, vislumbrar o perfil e as exigências dos clientes, entre outras questões.

Você pode utilizar essa técnica na empresa em que trabalha ou na procura de um novo emprego. Assim você exercita o intelecto e a criatividade e mantém um fluxo permanente de ideias. Sem contar que é um excelente exercício para projetar os cenários de futuro dos negócios de sua empresa ou da sua vida, o que, consequentemente, possibilita ações de investimento e de precaução e prevenção de riscos.

Brainstorming-revistavidainteressante2Por exemplo: Forme um grupo de pessoas para que cada um exponha sua idéia sobre um determinado assunto. Não se esqueça de incentivar a participação de todos. Juntos vocês encontrarão ótimas oportunidades para fazer planejamentos de negócios, estratégias e ações, e criar novos produtos e metodologias.

Brainstorming-revistavidainteressante3

O importante é deixar que todos sintam segurança e liberdade para expor suas ideias, inclusive, de maneira desordenada, sem se preocupar se elas são possíveis ou não. A associação de várias ideias pode culminar na solução do problema, necessidade ou dificuldade em debate. Quanto mais ideias, melhor!

Você também pode fazer esse exercício sozinho sobre sua carreira, sua vida pessoal. Levante hipóteses como, por exemplo: o que você faria se tivesse a sua própria empresa ou o que você faria se tivesse um funcionário como você? Você pode também estabelecer cenários de futuro, ou seja, projetar o cenário em que trabalha ou vive para os próximos 10 anos, por exemplo.

Esse incentivo à criatividade extrai boas ideias e boas soluções tanto para os negócios quanto para a sua própria vida, e é uma grande arma para os momentos, que não são poucos, de crise e pressão. Quem usa (o cérebro), ousa!

Texto: Leila Navarro

Fonte: http://www.leilanavarro.com.br

Deixe uma resposta