18ª edição do Festival de Cinema de Londrina traz mais de 60 filmes à cidade

0
860

O Festival Kinoarte de Cinema divulgou a programação de sua 18ª edição, que será realizada de 18 a 27 de novembro, em Londrina. Serão 64 filmes e mais de 80 sessões entre as Mostras Competitivas e exibição de filmes nacionais e estrangeiros. A grade privilegia filmes que vêm obtendo destaque nos principais festivais de cinema do mundo em 2016. O cinema nacional predomina na programação com obras voltadas ao momento que vive o Brasil, em especial a produção de documentários. A maior parte dos filmes será apresentada no Cineflix do Aurora Shopping (av. Ayrton Senna da Silva, 400 – Gleba Palhano) e no Cine Com-Tour (av. Tiradentes, 1241 – Jardim Shangri-Lá A).

Na abertura, será exibido o documentário nacional “Martírio”, vencedor do Festival de Brasília no Juri Popular neste ano. É o segundo filme da trilogia do diretor e indigenista Vincent Carelli, criador do projeto Vídeo nas Aldeias. Clique aqui para conferir a programação completa.

Outro destaque é o documentário “Cinema Novo”, dirigido por Eryk Rocha, filho do cineasta Glauber Rocha. Trata-se de um ensaio poético que investiga um dos principais movimentos do cinema latino-americano que inventou uma nova forma de fazer cinema no Brasil, nos anos de 1960. A produtora Joelma Oliveira Gonzaga fará a apresentação do filme ao público londrinense.

Divulgação
                                               Divulgação

“A marca do Festival se mantém este ano, que é de priorizar o cinema brasileiro, refletindo sobre o país e seu momento. Trouxemos só filmes inéditos em Londrina, em especial os que despertam discussões importantes para o Brasil”, diz o coordenador de Programação do Festival, Artur Ianckievicz.

O festival também terá quatro Mostras Competitivas de curta metragens: Londrinense, Paranaense, Nacional e Ibero Americana. Com 32 filmes, as mostras distribuirão R$ 8 mil em prêmios, além do troféu Udihara para os vencedores de cada categoria.

Além disso, o evento terá uma programação dedicada ao Dia da Consciência Negra, no domingo (20), com exibição de oito filmes, dentre eles o aclamado documentário “Pitanga”, dirigido por Beto Brant e Camila Pitanga, que traz como tema a vida e obra do ator Antônio Pitanga.

O esporte também terá destaque no evento com a exibição de quatro filmes realizados por meio do programa Memórias do Esporte Olímpico Brasileiro, do canal ESPN. São eles: “O Nadador”, do diretor londrinense Rodrigo Grota e que conta a história de Tetsuo Okamoto, o primeiro nadador brasileiro a ganhar uma medalha olímpica; “Procura-se Irenice”, de Marcos Escrivão e Thiago Mendonça, que apresenta a trajetória da atleta negra Irenice e seus embates com a ditadura militar de 64; “Irmãos Grael”, de Marina Pessanha, sobre as conquistas dos iatistas Lars e Torben Grael, vencedores de 7 medalhas olímpicas; e “As Incríveis Histórias de um Navio Fantasma”, de André Bomfim e Gustavo Rosa de Moura, que conta a viagem da delegação brasileira para as Olimpíadas numa inusitada viagem transatlântica.

Dentre a produção local, destacam-se os documentários “~Eg~in”, realizado na Terra Indígena Apucaraninha, com direção de Luis Henrique Mioto, Eduardo Tardeli e Rafael Sosa; e “Dona Vilma”, dirigido por Vanessa Santos de Oliveira, sobre a vida e legado de Ya Mukumby, umas das principais líderes do movimento negro em Londrina.

KINOCIDADÃO

O Festival Kinoarte de Cinema mantém também outros eventos já tradicionais, como o Kinocidadão, que promoverá 10 sessões gratuitas de cinema para 1.500 alunos de escolas públicas. Os estudantes assistirão As Aventuras do Avião Vermelho, um filme de animação brasileiro premiado em diversos festivais.

O evento também realizará diversas reuniões, debates e bate papos sobre cinema e produção de audiovisuais.

Fonte: Bonde

Deixe uma resposta